TypeScript para programadores JavaScript

TypeScript tem uma relação incomum com JavaScript. TypeScript oferece todas as features do JavaScript, e uma camada adicional no topo deste: o sistema de tipos do TypeScript.

Por exemplo, JavaScript oferece primitivos de linguagem como string e number, mas não checa consistentemente que você atribuiu estes. TypeScript checa.

Isso significa que seu código JavaScript existente também é código TypeScript. O benefício principal do TypeScript é que ele pode destacar comportamento inesperado no seu código, diminuindo a chance de bugs.

Este tutorial fornece um resumo do TypeScript, focando no seu sistema de tipos.

Tipos por Inferência

TypeScript conhece a linguagem JavaScript e vai gerar tipos para você em muitos casos. Por exemplo quando criando uma variável e atribuindo à um determinado valor, TypeScript usará o valor como seu tipo.

ts
let olaMundo = 'Olá Mundo';
let olaMundo: string
Try

Entendendo como o JavaScript funciona, TypeScript pode construir um sistema de tipos que aceita código JavaScript mas tem tipos. Isso oferece um sistema de tipos sem a necessidade de adicionar caracteres extra para fazer com que os tipos sejam explícitos no seu código. É assim que o TypeScript sabe que olaMundo é uma string no exemplo acima.

Você já pode ter escrito código JavaScript no Visual Studio Code, e teve auto-complete do editor. Visual Studio Code usa TypeScript por baixo dos panos para tornar mais fácil o trabalho com JavaScript.

Definindo Tipos

Você pode usar uma ampla variedade de tipos de padrões de projetos no JavaScript. Entretanto, alguns padrões de projeto tornam a inferência de tipos automática difícil (por exemplo, padrões que usam programação dinâmica). Para cobrir estes casos, TypeScript suporta uma extensão do JavaScript, que oferece lugares para que você diga ao TypeScript quais deveriam ser os tipos.

Por exemplo, para criar um objteo com um tipo inferido que inclui name: string e id: number, você pode escrever:

ts
const usuario = {
nome: 'Hayes',
id: 0
};
Try

Você pode explicitamente descrever a forma desse objeto usando uma declaração de interface:

ts
interface Usuario {
nome: string;
id: number;
}
Try

Você pode então declarar um objeto JavaScript conforme o formato da sua nova interface usando a sintaxe : TypeName depois da declaração de uma variável:

ts
const usuario: Usuario = {
nome: 'Hayes',
id: 0
};
Try

Se você fornecer um objeto que não corresponde a interface que você forneceu, o TypeScript vai te alertar:

ts
interface Usuario {
nome: string;
id: number;
}
 
const usuario: Usuario = {
nomeDeUsuario: 'Hayes',
Object literal may only specify known properties, and 'nomeDeUsuario' does not exist in type 'Usuario'.2353Object literal may only specify known properties, and 'nomeDeUsuario' does not exist in type 'Usuario'.
id: 0
};
Try

Já que o JavaScript suporta classes e programação orientada a objeto, TypeScript também. Você pode usar a declaração de interface com classes:

ts
interface Usuario {
nome: string;
id: number;
}
 
class UsuarioConta {
nome: string;
id: number;
 
constructor(nome: string, id: number) {
this.nome = nome;
this.id = id;
}
}
 
const usuario: Usuario = new UsuarioConta('Murphy', 1);
Try

Você pode usar interfaces para tipar parâmetros e valores de retorno em funções:

ts
function buscarUsuarioAdmin(): Usuario {
//...
}
 
function deletarUsuario(usuario: Usuario) {
// ...
}
Try

Já há um pequeno conjunto de tipos primitivos disponíveis em JavaScript: boolean, bigint, null, number, string, symbol, e undefined, que você pode usar em uma interface. TypeScript extende essa lista com mais alguns como any (permitir qualquer coisa), unknown (garanta que alguém usando esse tipo declare qual tipo é), never (não é possível que esse tipo aconteça), e void (uma função que retorna undefined ou que não tem valor de retorno).

Você verá que há duas sintaxes para construir tipos: Interfaces e Types. Você deve preferir interface. Use type quando precisar de funcionalidades específicas.

Compondo Tipos

Com TypeScript, você pode criar tipos complexos combinando os simples. Existem duas formas populares de fazer isso: com uniões, e com genéricos.

Uniões

Com uma união, você pode declarar que um tipo pode ser um de muitos. Por exemplo, você pode descrever um tipo boolean como sendo true ou false:

ts
type MeuBooleano = true | false;
Try

Nota: se você passar o mouse por cima do MeuBoleano acima, você verá que é classificado como boolean. Essa é uma propriedade do Sistema de Tipos Estruturais. Mais sobre isso abaixo.

Um caso de uso popular de tipos uniões é para descrever o valor que um conjunto de literais de string ou number pode ter:

ts
type EstadoDaJanela = 'aberto' | 'fechado' | 'minimizado';
type EstadosDeBloqueio = 'trancado' | 'destrancado';
type NumerosImparesMenoresQue10 = 1 | 3 | 5 | 7 | 9;
Try

Uniões fornecem uma forma de gerenciar tipos diferentes também. Por exemplo, você pode ter uma função que recebe como argumento um array ou uma string:

ts
function buscarComprimento(obj: string | string[]) {
return obj.length;
}
Try

Para saber o tipo de uma variável, use typeof:

Tipo Predicado
string typeof s === "string"
number typeof n === "number"
boolean typeof b === "boolean"
undefined typeof undefined === "undefined"
function typeof f === "function"
array Array.isArray(a)

Por exemplo, você pode fazer uma função retornar diferentes tipos dependendo se uma string ou um array forem passados:

ts
function envolverEmArray(obj: string | string[]) {
if (typeof obj === "string") {
return [obj];
(parameter) obj: string
}
return obj;
}
Try

Genéricos

Genéricos fornecem variáveis para tipos. Um exemplo comum é um array. Um array sem genéricos pode conter qualquer coisa. Um array com genéricos pode descrever os valores que aquele array contém.

ts
type ArrayDeStrings = Array<string>;
type ArrayDeNumeros = Array<number>;
type ObjetoComNomeArray = Array<{ nome: string }>;

Você pode declarar seus próprios tipos usando genéricos:

ts
interface Mochila<Tipo> {
adicionar: (obj: Tipo) => void;
buscar: () => Tipo;
}
 
// Esse é um atalho para dizer ao Typescript que há uma
// constante chamada mochila, e não se preocupar de onde ela veio.
declare const mochila: Mochila<string>;
 
// objeto é uma string, porque nós o declaramos acima como a parte variável de Mochila.
const objeto = mochila.buscar();
 
// Já que a variável mochila é uma string, você não pode passar um número para a função adicionar.
mochila.adicionar(23);
Argument of type 'number' is not assignable to parameter of type 'string'.2345Argument of type 'number' is not assignable to parameter of type 'string'.
Try

Sistema de Tipos Estruturais

Um dos princípios centrais do TypeScript é que a checagem de tipo é focada no formato que os valores têm. Isso é chamado as vezes de “tipagem do pato” ou “tipagem estrutural”.

Em um sistema de tipagem estruturado, se dois objetos tem o mesmo formato, eles são considerados do mesmo tipo.

ts
interface Ponto {
x: number;
y: number;
}
 
function exibirPonto(p: Ponto) {
console.log(`${p.x}, ${p.y}`);
}
 
// exibe "12, 26"
const ponto = { x: 12, y: 26 };
exibirPonto(ponto);
Try

A variável ponto nunca é declarada como sendo do tipo Ponto. Entretanto, o TypeScript compara o formato de ponto ao formato de Ponto na checagem de tipo. Eles têm o mesmo formato, então o código passa.

A correspondência de tipo só requere que um subconjunto de campos do objeto sejam correspondentes:

ts
const ponto3 = { x: 12, y: 26, z: 89 };
exibirPonto(ponto3); // logs "12, 26"
 
const rect = { x: 33, y: 3, largura: 30, altura: 80 };
exibirPonto(rect); // logs "33, 3"
 
const color = { hex: '#187ABF' };
exibirPonto(color);
Argument of type '{ hex: string; }' is not assignable to parameter of type 'Ponto'. Type '{ hex: string; }' is missing the following properties from type 'Ponto': x, y2345Argument of type '{ hex: string; }' is not assignable to parameter of type 'Ponto'. Type '{ hex: string; }' is missing the following properties from type 'Ponto': x, y
Try

Não há diferença entre como as classes e os objetos se conformam aos formatos:

ts
class PontoVirtual {
x: number;
y: number;
 
constructor(x: number, y: number) {
this.x = x;
this.y = y;
}
}
 
const novoPontoV = new PontoVirtual(13, 56);
exibirPonto(novoPontoV); // logs "13, 56"
Try

Se o objeto ou classe tem todas as propriedades requeridas, TypeScript dirá que eles são correspondentes, independente dos detalhes de implementação.

Próximos Passos

Essa documentação é uma resumo de alto nível da sintaxe e tipos qeu você usaria em código no dia-a-dia. Daqui você deve:

The TypeScript docs are an open source project. Help us improve these pages by sending a Pull Request

Contributors to this page:
  (6)

Last updated: 21 de mai. de 2024